Entrada > Educação > BE A MAKER!

Be a Maker!

Be a maker! é um curso intensivo de introdução à fabricação digital e à prototipagem rápida, que resulta de uma parceria entre a Porto Design Factory e o OPOLab.

Neste curso, que funcionará em regime pós-laboral, os participantes terão a oportunidade de conhecer e utilizar os diferentes processos de fabricação digital e as tecnologias de materialização digital, em particular as máquinas de fabricação digital: impressoras 3D, máquinas de corte a laser e máquinas de fresagem CNC, eletrónica e mecânica instrumental.

Candidaturas em: https://goo.gl/forms/D0DE1FrVUv6eQ5q82
Carga Horária: 64 horas
Duração
: de Outubro a Janeiro; 32 aulas de 2h, 2 x por semana (terças e sextas, das 19h às 21h)
Localização:
Porto Design Factory
Custo
: 250€
Numero máximo de participantes
: 15
Destinatários
: estudantes, alumni, docentes ou pessoal não docente do P.PORTO
Requisitos
: procuramos participantes criativos, proativos e principalmente curiosos, que preferencialmente (mas não necessariamente) possuam conhecimentos básicos em algum software de edição gráfica (Illustrator, Corew Draw, Inkscape )  ou de modelação 3D (Autocad, Solidworks, Sketchup, etc).

Formadores:
Tauan Bernardo – Maker, Fundador do Garagem FabLab São Paulo (https://www.linkedin.com/in/tauan-bernardo-571aa413/)
Ivo Coutinho - Protomaster da Porto Design Factory (https://www.linkedin.com/in/ivo-coutinho-8504a7a4/)

Objetivos Gerais
- Integração das novas tecnologias de materialização no processo de projeto de design.
- Apresentar uma visão integradora teórica e prática sobre os processos de fabricação digital (CAD/CAM) e materiais mais adequados à prototipagem de soluções em design.
- Estimular o estudante a prototipar os seus projetos com mais frequência e segurança
- Apresentar o impacto das novas tecnologias nos processos de fabricação.
- Mostrar ferramentas que ampliem as possibilidades da criação do estudante.
- Dotar os estudantes de capacidade crítica na tomada de decisão da aplicação das tecnologias de fabricação digital mais relevantes para o design: aplicação de processos aditivos, subtrativos (2D e 3D), conformativos.
- Estimular a produção de objetos de forma experimental, espontânea e fora do contexto de projetos.
- Estimular a procura e a partilha de projetos abertos (open source).

Objetivos específicos
- Conhecer os diferentes processos de fabricação digital. Tecnologias de materialização digital.
- Conhecer ferramentas que facilitam o desenvolvimento de projetos.
- Conhecer e aprender a operar as máquinas de fabricação digital: Impressoras 3D, máquinas de corte a laser e máquinas de fresagem CNC, eletrónica e mecânica instrumental.
- Pretende-se complementar a aprendizagem com aplicações reais na prática da disciplina.

Conteúdos programáticos
- Prototipagem como ferramenta de trabalho
- Fundamentos da fabricação digital (CAD/CAM):
- Origens e conceitos dos processos digitais;
- Processos digitais – adição, subtração, formativos e assemblagem robotizada;
- Movimento maker e conceito de Fablab
- Ecossistema maker. Conhecendo um Fab Lab
- Aplicação prática de tecnologias CAD/CAM:
- Fabricação em corte a laser e materiais aplicados
- Fabricação em impressão 3D e materiais aplicados
- Fabricação com CNC e materiais aplicados
- Arduino e eletrónica.

Metodologia de ensino
- Aulas expositivas
- Visitas externas
- Pesquisa bibliográfica e visual
- Projetos usando ferramentas web based
- Exercícios práticos de prototipagem
- Apresentação de projetos.

Sistema de Avaliação
Cada bloco temático termina com a execução de um protótipo pelos participantes; cada um dos projetos será avaliado de 0 a 10 de acordo com os seguintes critérios.

- Qualidade técnica do projeto
- Domínio do conteúdo apresentado

O trabalho final deverá ser produzido utilizando, pelo menos, 2 técnicas e deverá apresentar pelo menos 2 interações, e será avaliado a partir dos seguintes critérios:

- Grau de inovação e experimentação 40%
- Qualidade de execução 40%
- Participação na sala de aula 20%.

Para a média final será contabilizada a média dos trabalhos (50%) + nota do trabalho final (50%).