Entrada > Apresentação > FICHA DE PROJETO

Porto Design Factory | MarianaSantos©

Ficha de projeto

 

 

 

o PROJETO: PORTO DESIGN FACTORY
 

Designação do projeto |  PORTO DESIGN FACTORY
Código do projeto | NORTE-01-0246-FEDER-000010
Objetivo principal |  Valorização económica e transferência do conhecimento científico e tecnológico
Região de intervenção | Norte
Entidade beneficiária | 503606251 - INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO
Data de aprovação | 22-07-2016
Data de início | 01-05-2016
Data de conclusão | 30-04-2018
Custo total elegível | 1 205 398,86€
Apoio financeiro da União Europeia |  FEDER – 1 024 589,03€

OBJETIVOS, ATIVIDADES E RESULTADOS ESPERADOS


O projeto PORTO DESIGN FACTORY consiste num conjunto integrado de atividades que têm como principal objetivo estabelecer mecanismos eficientes e efetivos de comunicação e transferência de resultados do I&D das Universidades e Centros de Investigação (destacamos o papel relevante na valorização de tecnologia do CERN e as competências de Stanford e da Universidade de Aalto que participarão neste projeto) para o tecido empresarial, partindo do pressuposto que esta interação é absolutamente fundamental no processo de inovação empresarial e na correta implementação da política de Coesão.

Este projecto assume-se assim como um catalisador de uma cultura de inovação experimental baseada no “passion-based learning”, ambicionando potenciar uma cultura de desenvolvimento e transferência de tecnologia, em plena parceria com as empresas, onde o foco é o desenvolvimento de uma cultura empreendedora inter-disciplinar, através de um projeto científico coerente, que possibilite o reforço da transferência de tecnologia para o sector empresarial e a criação de elevado valor acrescentado nos sectores dos “design based consumer goods”.


O plano de atividades a implementar obedece a uma lógica sequencial, que visa estabelecer padrões de desenvolvimento e a definição de métricas verificáveis relativamente aos outputs dessas mesmas atividades, bem como promover uma cadeia de externalidades de curto prazo diretamente aplicáveis durante o decurso do projeto.
1 Prospecção e Orientação - Ferramentas de conhecimento efetivo, atualizado e dinâmico da realidade do mercado 
2 Desenvolvimento e Implementação  - Atividades de apoio aos processos de transferência de conhecimento 
3 Marketing e Comunicação - Atividades de capacitação das empresas – Comunicação e Integração nos Novos Modelos de Inovação.
4 Atividades Transversais - Atividades de Coordenação, Gestão e Comunicação
O projeto PORTO DESIGN FACTORY pretende, a partir da interligação entre estas áreas e da promoção de projetos de colaboração interdisciplinar criar um ecossistema inovador que reforce e valorize a introdução do I&D no tecido empresarial, através da criação de novos produtos, novos serviços, novas abordagens ao mercado e novas formas de comunicação, reforçando assim a competitividade e a transferência de conhecimento entre as entidades do SCTN e as empresas.

A metodologia desenvolvida para o projecto apresenta um elevado grau de inovação, com a introdução de novos modelos teóricos que sustentam o seu objetivo – promoção de mecanismos efetivos de transferência de conhecimento e a sua transição para o mercado. A abordagem que desenvolvemos a partir desses modelo inova pela sua articulação entre as várias atividades e por permitir que, ao logo da execução do projeto, os outputs produzidos sejam imediatamente aplicados e replicados. A lógica deste projeto é que, no seu todo, resulte numa ferramenta metodológica que se assuma para as empresas e para as entidades do SCTN como uma referência do que são boas práticas no processo de transferência de conhecimento. 

Por outro lado, o conjunto de atividades proposto configura um círculo que apoia as empresas em todo o processo de incorporação de resultados de I&D, desde o contacto inicial com universidades e centros de investigação, até à otimização da sua comercialização e integração em plataformas internacionais. 

Este projeto, sendo direcionado para um objetivo temático específico, produz externalidades que comprovadamente beneficiam uma série de setores complementares ao da Cultura, Criação e Moda, seja pela maneira como as atividades foram montadas, seja pelas características intrínsecas do setor, que na sua raiz pressupõem uma ligação com um conjunto de outros setores estratégicos, nomeadamente relacionados com a produção. 

 

O objetivo é que se crie com este projeto uma base sustentada que possa servir de modelo à implementação, noutros sectores e com outros promotores, de um sistema de inovação sustentável que funcione como uma ferramenta efetiva e comprovável para ganhos de competitividade nas empresas. 

Por último, este projeto não se esgota nos 24 meses de execução, pois parte das atividades pressupõem a criação de ferramentas permanentes – plataformas online e um espaço de criação/prototipagem – que permanecerão como elementos válidos e com possibilidades de expansão no panorama da transferência de conhecimento e produção de inovação na região Norte e no país.